Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

INOCENTE, CHANTAGEADA E ARROMBADA

Tenho 38 anos, não me considero um homem bonito, tenho uma certa barriguinha, devido a cerveja. Mas sempre fui muito bom de lábia, o que me rendeu muitas conquistas amorosas.

O que vou contar aconteceu a uns 19 anos, na época eu 19 anos. Emanuele, era uma menina que morava na nossa rua. Uma moreninha, muito feinha e desengonçada. Na época ela deveria estar com seus 9 anos. Em nossa vila, tinha apenas ela de menina nessa faixa etária. Por isso ela vivia brincando juntamente com uma tropinha de meninos. Nesta época eu estava começando aquela fase da adolescência em que a gente sá pensa em sexo. Eu tocava várias punhetas durante a noite e não via a hora de poder pegar uma mina de verdade. Foi aí que me veio a idéia de pegar a Manu. Ela era uma menina tímida, gostava de umas brincadeiras bobas, então para não ficar mal para mim, por ser mais velho. Convenci um amigo nosso a começar a brincadeira com ela. Os dois sempre brincavam juntos, ele tinha na época 19 anos, e pediu para ela para brincarem de papai e mamãe. Ele como era bobinha topou na hora. Então ele fez todo aquele ritual de dar papinha pro neném, de comer a comidinha... mas depois chegou a hora deles irem dormir, ele mandou que ela tirasse a calcinha e ele tirou a cueca, então ele pegou ela por traz e começou a bombar nela, ela pediu para ele parar mas ele não deu ouvidos a ela, disse que isso fazia parte da brincadeira, senão ele nunca mais brincaria com ela, então ela submissa deixou ele brincar. Eu estava espiando tudo de longe, ah que tesão, era a minha chance. Cheguei bem no meio da brincadeira, ela ficou branca quando me viu: - O que vcs estão fazendo? Perguntei

- Nada, nada, nada... ela me respondeu atonita

- Não adianta disfarçar pq vcs estão sem calças? Perguntei fazendo ar de surpresa.

Então Marquinhos (nome do meu amigo) respondeu rindo: - A Manu pediu pra eu comer o cu dela, ela me disse que gostava.

- Manu o que é isso... Vou já contar pra tua mãe!!!

- Não por favor é mentira, não conta nada pra ela. Falou em total desespero, já em prantos.

- Tudo bem... mas têm uma condição!

- Qual?

- Eu também quero comer o teu cu!

- Não, eu não quero... por favor é mentira do Marquinhos.

- Vc que sabe, então vou contar tudo pra tua mãe.

- Tudo bem, ma não aqui, senão mais alguém pode ver.

- Então me espera lá em cima no Mato, que daqui a pouco nás vamos lá.

Pobre Manu, subiu o morro chorando. Dei mais um tempinho, peguei um pote de margarina e fui atrás dela. Eu e o Marquinhos.

Quando chegamos lá, procuramos uma clareia, e lá pedi para que ela tirasse a roupa. Ela se negou, então a chantagiei novamente. Tudo bem... Vou procurar a tua mãe agora mesmo.

Ta bom... Ta bom. E já foi tirando. Ficou peladinha, apesar da pouca idade, seu seios já começavam a desabrochar. Ela se encurvou toda e tentou se esconder.

- Agora fica de quatro. Falei com uma certa arrogância na voz e voz autoritaria. Isso me deixava excitado.

- Vai Marquinhos, côma ela... vc deve enfiar o seu pinto no cu dela!!! Vem cá que vou abrir bem pra você!

- Então meu amiguinho todo feliz, se posicionou e forçou o seu pau, até que entrou... Ela resmungou um pouco, o pau do marquinho era pequeno, pois ele era muito novinho ainda. Então deixei ele brincar a vontade, aquilo tava me excitando. Bate na bunda dela... Ele batia, e nás ríamos. Agora estava na minha vez. Pedi que Marquinhos saísse que eu iria mostrar para aquela cadelinha o que era bom. Lambuzei meu pau com a margarinha, posicionei na entradinha do cu dela, e em uma única estocada, enfiei até o talo. Manu soltou um grito e tentou se desvenciliar. A segurei com força e mandei o Marquinhos colocar o pau dele na boca dela. Chupa sua cadelinha. Comecei um movimento frenetico de vai e vêm. Ahhhh Que delícia... Como era apertado.... Meu pau enorme entranto naquela bundinha... Ahhh sua cadela.... Ahhh sua putinha.... Vc não é bonita mas é gostosa, como é bom.... Manu não aguentou e desmaiou, eu pouco me lixei pra ela e então gozei como louco naquela bunda. Depois eu e Marquinhos nos vestimos e fomos embora deixando Manu lá deitada naquele chão imundo, refazendo suas energias. A partir deste dia começou o martírio da coitadinha, pois eu e Marquinhos falamos para os outros meninos da rua, e logo ela era a escrava de todos os meninos da vila.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


coontos eroticosminha esposa fez eu comer sua amigacontos eroticos gratis, casadinha visita sogro e fica taradinhaConto de puta metendo com todos no posto de gasolinacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos meu patrãocontos eroticos me levou.ao medicocontos eroticos de iniciação gay: mete devagarcontis eroticos quero mamar no peitinho.video de porno o cara foi concerta o icanamento e comel elaNovinha Bebi porra do meu amigo contoConto erotico minha irma bebeu minha porraconto gay. virei nocinha no carnavalcontos vendo o meu cunhado a fode minha irma betinhacontos eroticos chantagem na escolaconto erótico buceta estuplada por pica jigante na frente do maridocontos eróticos meu filho virou trqvestir porno gay contos eroticos passando as ferias comendo priminho inocenteconto erotico esposa con muita dor n pau d molewuecontos erótico eu confesso minha filha casada e uma loucura na camaContos picantes de rapidinha no acampamento (traição)contos eróticos casa de wingcontos chefe da namoradacontos de filhos que sentou no colo do paizãocontos inserto fatos reais gayConto erotico violentaram minha filha e me obrigaram a participarcontos eroticos esposa coloca coleira no maridominha esposa nega mas eu sei que sou cornoO que e aclauzaconto erotico velho tarado e cachorrocontos eroticos sequestroconto gay sendo estuprado em que a dor é maior que o prazeresposa na brincadeira em casa contoConto erotico namorada do amigo bebada no acampamentoBoqueternobianca casada dando a bunda ea buceta contos eroticoscontos eroticos comi a mulher do traficanterelato conto: meu me incentiva a usar roupas provocantesamor voce ta vendo o tamanho do pau dele é muito grande voce gosta contoscontos eroticos sou a coroa mais puta da academiacunhado homem no dia do casamento come a bunda do cunhadinho homem novo no quartocontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidocontos ela gozou no meu dedo no metrôContos eróticos de gay comi a bunda do meu tiopornosogrowww.conto erotica a santinhocontos com sogra gostosacunhada espiando contoConto de uma bundinhaver travesti dano o cu pra sincaras r chupano pimtoporno gay contos eróticos pegando priminho inocentecontos eroticos Roberta traindocontos gay lutinha com o primo de 16me seguraram e um jegue me arregaçou contos eróticoscontos filho fudendo com a maeso contos de gay fazendo as maiores loucuras aronbando o cu bem aronbadocontos de casadas que se entregam a outro homemcontos eroticos de estrupamendoo preto fodeu-me contoconto anal viuva cavalonacontos erótico seduzi o namorado da minha irmã e ele me comeuContos vovó no banhocontos gozei dando a bundaMinha.mulher.traiu.me.com.um.pingaiada.conto.eroticonamorada de calnsinha centou na picacontos eroticos esfreguei um bundão gostosochupando pica abrancando o namorado pela cintura amadorcontos erótico- fui estuprada e gosteiimagens de conto de homem macho transando com genro machoporno contosesposa deu cu estranhopequei milha maes fudedo com um negao lopradoconto erótico casada primeiro amantecontos eróticos amiga novinhaconto meu cu te amo grossconto erotico -comi minha namorada e sua irmã dminha mulher explorando meu cu contocontos oroticos foi estrupada por porco no chiqueirocontos eroticos meu padastro mim estropo no onibuscu furico bunda peito pênis contos eroiticoscontos eroticos trote da faculdade comi o cú da calouraSou casada e fui comida pelo pedreiroconto erótico meu padrinho me estuproumagrinha com tatoo na bundaconto gay metemos.o dia todocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaminha filhinha me viu de pau duro contosconto flagrei minha mãe dando para um bem dotadoContos eróticos de estuprocontos eritico papai colocou de castigocontoseroticos.vip/hetero/quase-flagrados-nas-escadas-do-hospital/nem peitinho teen grita na pau do vocontos estuprada por pivetes