Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ADORO ME EXIBIR DE CALCINHA

Antes de iniciar, afirmo categoricamente que sou hétero. Tudo que vou contar é fantasia, apesar do conto ser 100% verdadeiro. Desde 2003 que tenho computador e sempre entrava nas salas de chat. Algumas vezes chegava a varar o dia conversando. Certa vez fiquei teclando com uma mulher, que morava na minha cidade. Trocamos telefone e ficamos realmente amigos. Certo dia a gente começou a falar sobre sexo e não deu outra: nos masturbamos. Depois da primeira vez ficamos assíduos na masturbação pelo telefone. Ela me deixava louco, dizendo que estava na sala, com tudo escuro, nuazinha... Eu ficava realmente louco de tesão e gozava bastante. Nossa conversa foi ficando atrevida e eu lhe disse que apesar de ser hétero, sentia tesão em usar calcinhas femininas. Na verdade eu nunca havia usado, mas tinha essa vontade louca. Nunca tive nada com homem, sou divorciado, mas não houva realmente nada de errado com minha sexualidade dentro do casamento. Sempre fui muito safado, e gostava de muita putaria, mas sempre com minha mulher. Inclusive sempre fui fiel à mesma, pois acho fundamental a fidelidade numa relação. Mas, voltando ao assunto, certo dia eu fui numa loja, meio errado, mas comprei duas calcinhas. No mesmo dia eu conversei com minha amiga por telefone e lhe disse que havia feito essa compra. começamos a nos masturbar e eu joguei a seguinte frase: vamos sair agora, pois quero me exibir para você. Ela ficou um pouco insegura, mas topou a parada. Ela veio para o meu prédio e fomos no meu carro para um motel. O carro dela ficou na minha vaga. Eu já estava vestido com a calcinha. Escolhi a de cor preta. Chegamos no quarto e eu disse para ela ficar de costas para mim, enquanto tirava a bermuda. Depois eu disse que ela poderia se virar e me mostrei para ela. Ela ficou louca com a cena. Meu pau é grande, grosso e envergadinho. Ela o chama de tronxinha. Ele é curvado, bem curvado. Eu sempre gostei de me exibir em frente a um espelho e o fiz bastante, me deliciando com aquela cena. Eu disse a ela que não era gay e que nunca havia feito aquilo. Com o tempo a nossa amizade foi solidificando e ela sabe que realmente isto é uma fantasia que tornamos real. Ela nunca tirou a roupa nem nunca fizemos sexo. Ela fica me provocando, fazendo insinuações sobre eu sair com outro homem, tudo para me provocar e excitar. No final ela me chuoa gostoso e eu gozo na sua boca. Depois eu fiquei comprando calcinhas dos mais variados tipos e cores. Me exibia e ela adorava. Depois perguntei se ela já havia feito isso alguma vez na vida e ela disse que não. Com o passar dos anos, a coisa foi ficando mais atrevida. Hoje ela compra calcinhas para mim, e fica me provocando por telefone. Já saímos mais de 50 vezes. Eu adoro ficar sem roupa, deitado, conversando com ela, numa espécie de terapia. Ela fica me alisando, provocando e depois a gente envereda a conversa para a sacanagem. Eu visto as calcinhas, uma por uma, me exibo de frente para o espelho e depois me deito na cama. Ela chupa muito gostoso. Certo dia ela lambeu meu ânus e eu gostei muito. Hoje em dia, eu depois de me exibir e me excitar, fico de quatro e ela enfia a língua na minha grutinha, que fica totalmente aberta, querendo ser penetrada. Já enfiei consolos de todos os tamanhos, formas e cores. Meu cuzinho suga eles com muita voracidade. Um dia eu lhe fiz uma surpresa, me depilando totalmente. Deixei tudo zerado ela enlouqueceu. Interessante é o fato de ela sequer pensar em fazer sexo comigo. Eu fui encostando ela na parede, fazendo-a confessar que sempre teve tara em fazer isso com um homem. Ela é um pouco mais velha do que eu e tem duas filhas, que por sinal são duas gatas. Hoje mesmo, sairemos e lhe fiz uma surpresa, me depilando, mas deixando um pouco na frente, como se fosse uma mulher. Na parte da frente eu fiz apenas os cantinhos. Na bundinha eu depilei tudo. Interessante mesmo o fato de eu não ser homo. Sá de pensar nisso, fico enojado. Mas esta "fantasia real" é fato, não fico ressacado moralmente, ela sempre guardou esse segredo e eu sempre lhe digo que meu cuzinho é somente dela e ela adora ouvir isso. Ela enlouquece quando está chupando a minha bundinha, com o buraquinho cor de rosa. Eu fico louco e me abro totalmente para ela. Algumas vezes vou trabalhar de calcinha e fico o dia todo excitado. Um abraço a todos!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contei para minha amiga que trai meu namorado e o namorado dela com seu amigos me comwramcontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadetanga contos eróticosMe comeram ao lado do meu namoradoconto chupei minha irmãzinha dormindocontos erotico comi ocu.da mulherdo meuvizinho#contoseroticosjogandocontos eroticos perdendo avirgindade encesto compadreElas quizeram isso contosconto aos dez anos minha sobrinha sentava no meu colo sem calcinhaconto erótico "totalmente peladinha" ruaA briga do casal contosconto eróticos entre amiguinhas do colégio contos eróticos inquilina pagou o aluguelhttp://tennis-zelenograd.ru/conto_3433_irmazinha-viciada-em-masturbacao.htmlLevou susto más gostou porno empregadafoto de travestis arreganhadas de frentevideo de jovens travesti praticando incesto com padrastoConto erotico de podolatria com minha tiacontos eróticos estrupada pelo professor de judoFoderam gente contos tennscontos eroticos coroas casada fiel com senhorcontos velhas que traem maridosconto erótico meu filho pediu uma espanholacontos com fotos esposas com a buceta cheia de porra de negrosSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos brincando di papai e mamaeconto erotico com casada manauscontos eroticos vizinhas velhas seduzem menininhoscaralho do sobrinho novinho contosporno pulando carnaval com a tia conto erotico colegial virgem sentindo desejoeu e meu irmao gordinho na casa de praia contos gaycontos de cú de irmà da igrejaconto erotico novinha viu cavalo arregaçando eguacontos eroticos de fui fudido junto com minha mulherconto. ele me convenceu a da o cuPuta desde novinha contosOrgias com os moleques contos eroticoscontos eroticos de mae com seus cavalos comfotoContos ela deixou comer o cu delaconto eróticos desejandoa mulherdomeu filhocontos eroticos dei para o compadre da minha filhacontos eroticos sequestroGay passiva com dois negoes contosContos eroticos chupando o funcionario heterocontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadeTennis zelenograd contoContos eróticos - estuprei minha cunhadinha pequenacontis eroticos peguei minha esposa enfiando a buceta na cabeceira da camafoto de sexo conto eroticos da minha sobrinha pimentinha parti 1conto erótico primas brincando no quarto nuascomi a amiguinha da minha filha cintos eroticoscontos espiando a irmã no banhopornodoodo padrasto fobe enteada novinhaElle passou a mão nos meus peitinhos contoquero ver duas mocinhas branquinhas estragando a bucetinha na outrauiii tira por favor tiraaaa nxxxFoderam gente contos tennszoofikia contis eriticos homem aosixonado pela eguaconto erotico mamadinhaconto erotico na casa de swing na troca de casal descobrimo que não eram casadoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos o pedreiro me fez mulhermeu marido viajou peguei o carro paguei travesti contosconto erotico real meu marido me liberou dar o meu rabocu atolado vestido voyeurcontos eróticos escrava é putonacontos eroticos arrombando o cuzinho da garconeteminha vizinha poliana muito gostosa contosdei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticoconto aprendendo da cuminha esposa me contando os detalhesContos eróticos irmã peludacontos eróticos de bebados e drogados gaysme arrombou o rabo contos casadaconto erotico gay seduzindo homem velho coroa grisalhodei a bundinha para o meu avoconto de estupro de colegiaiscomendo a tia dormindo contos eroticosContos eroticos feia mais com rabzoporno desmarcada do funkcontos minha filha olhou em dandoComendo a filhas gemeas contoconto ele me convenceu a da meu cuzinho