Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DANDO CARONA PRA VIZINHA GOSTOSA!!!

A descrição deste conto faz referência a um fato que realmente aconteceu comigo há aproximadamente 45 dias... Pra eternizar esse momento, resolvi dividir com vocês... pois sá de lembrar, fico LOUCO de tesão. Eu tenho 31 anos, 1,76m, 80kg, olhos e cabelos castanhos... e moro em FloripaSC. A aventura q tive foi com a minha vizinha... Lisa - um tesão de mulher!!!! Ela deve ter uns 30 anos..... e um corpo de fazer inveja a qualquer mulher de 20. Morena... 1,66m de altura... seios fartos e um bundão de tirar o Fôlego... NOSSAA!!!

De uma hora pra outra, minha mulher foi avisada que precisaria fazer um curso na cidade de São Paulo e ficaria durante a semana inteira fora. Como eram ordens do chefe, não tinha nem como discutir. No domingo a noite ela embarcou para SP, pois o curso começava na segunda logo pela manhã.

Até aí, tudo tranquilo. Na segunda pela manhã, ao ir trabalhar, esbarrei com a minha vizinha Lisa no elevador. Ela é uma simpatia em pessoa... educada.... bonita... e muito sensual. Puxei papo sobre o fim de semana e ela falou que preferia mil vezes os dia de semana. Argumentava que as coisas interessantes da vida aconteciam durante semana.... Quando ela saiu do elevador, acompanhei com o olhar o seu andar... nossa, ela rebolava muito... naquela hora, tive uma série de pensamentos com essa mulher... HUMMMMMMMMMMMMMMMM!!!

Fiquei com a imagem dela rebolando o dia inteiro na minha cabeça... mal conseguia me concentrar no meu trabalho, tamanho era o meu tesão por aquela mulher... Nem consegui terminar o expediente. Por volta das 17h, decidi ir pra casa. Peguei o carro e fui. Ao dobrar a segunda esquina depois da rua do meu trabalho, lá estava Lisa... parada... no ponto de ônibus. Parei o carro e perguntei: "Lisa, tá indo pra casa? Se estiver, entra aí!!!!" Ela sem responder, já entrou no carro, pois estava começando a chover. Ela estava vestindo uma saia curtinha e uma blusa decotada. Na hora que ela entrou no carro percebi que sua saia levantou ainda mais, por causa do movimento, e pude apreciar a visão daquelas pernas bem torneadas e queimadas do sol... HUM!!! Nossa... muito sensual!!! Nessa hora fiz um esforço descomunal para controlar os meus instintos e não agarrar a minha vizinha ali mesmo. Respirei fundo... e arranquei com o carro.

Passada a tensão inicial por estar do lado daquela mulher fantástica, fomos desenvolvendo uma conversa muito agradável, falando coisas do dia-a-dia do trabalho, diversões, gostos musicais, etc. Acabei dando uma aliviada no acelerador do carro para poder aproveitar um pouco mais da companhia da minha vizinha gostosa. E acho que ela acabou percebendo, sem falar nada, afinal... ela estava de carona. Apesar de eu tentar retardar o máximo a nossa chegada em casa, chegou uma hora que isso seria inevitável... Poucos minutos depois, já estávamos entrando no elevador. Nesse momento ela agradeceu muito pela carona e falou que se eu não tivesse aparecido, naquela altura ela estaria totalmente molhada com a chuva. Num ato totalmente espontâneo, falei que os homens seriam agraciados com uma gata molhada, deixando transparecer as curva de uma mulher incrível. Ela ficou vermelha... e concordou comigo. E acho que nessa hora a química bateu!!!! Ela apertou o botão do elevador para o andar dela... e nisso ela deixou cair a sua agenda. Quando ela se curvou para ajuntá-la, tive a visão do paraíso... e falei: “não faz isso comigo não!!! Isso que você tá fazendo comigo é crueldade!” e para minha surpresa veio a seguinte resposta: “Eu ainda nem comecei”. Isso era o sinal verde para o meu ataque. Segurei ela pelo braço e puxei contra o meu corpo... e beijei!!! E ela correspondeu de uma forma alucinante... me deixando louco de tesão. Ainda no elevador, fui falando muita sacanagem no meu ouvido dela... e enfiava a mão entre as pernas, acariciando grelinho dela. Quando dei por conta, ela também já estava acariciando o meu pau, e o deixava enorme, bem duro... Nesse momento ela me confidenciou algo que eu jamais havia notado. "-Nossa... sempre de sentia tesão quando te via de bermuda... quando você ia malhar na academia. ADORO SUAS COXASS... sempre ficava imaginando eu esfregando minha bucetinha nas suas coxas.... GOSTOSO!!!" Isso me surpreendeu, pois nenhuma outra mulher havia sido tão direta quanto ela!!! Entrando no apartamento, ela foi logo me atacando, nos beijamos muito, um beijo bem gostoso cheio de tesão, sabe?! Estávamos enlouquecidos de tanto tesão.

Deitemos no sofá e começou a azaração. Ela abriu o zíper da minha calça e pegou no meu pau... e caiu de boca... começando a chupar... bem devagar, passando a língua na cabeça, no saco. A safada sabia o que fazia... colocava todinho na boca e ficava mexendo com a língua, me deixando louco de tesão... parecia que ela estava curtindo muito chupar o meu pau... como se fosse um picolé. A cada chupada, meu pau ia ficando cada vez mais duro e maior... Ela pegava nele e batia na sua prápria cara... batendo de lá para cá... espalhando todo meladinho que sai dele na cara da safada...lambuzando... nessa hora pude notar que ela estava se deliciando com o meu pau... Ela passou a subir com a língua até a cabeça do meu pau... e foi deslizado... beijando toda extensão dele... Nessas alturas, o meu pau duro feito pedra... Foi quando ela passou e enfiá-lo todinho na boca... e sugar... e apertar com os lábios... e fui sentindo o meu pau apertadinho na boquinha dela... como se estivesse no cuzinho dela.... Ela puxou devagar e depois foi aumentando o ritmo.... bem rápido.... Fiquei louco de tesão, querendo gozar.... empurrando o meu pau cada vez mais pra dentro da boca da minha vizinha safada.... gemendo... e falando: "Ai, Lisa. Que tesão. Não para não!!! Faz mais!!! Como você me chupa gostoso, sua safada." Ela foi perdendo o controle completamente e passou a chupar de uma maneira incrível. Até uma hora que não resisti... e gozei na boca dela!!! Que Delícia!!! E ela tomou todo o leitinho... sem deixar uma gotinha cair... E no final ela disse: "adorei o seu leitinho... acho que vou ficar viciada" e deu uma risadinha bem safada!!

Era chegada a minha vez de retribuir o prazer que ela havia me proporcionado... Deitei a safada no sofá, levantei a saia e comecei a chupar ela bem gostoso... chupava mesmo, enfiava a língua lá dentro, tipo beijo de língua. Ela gemia de tanto tesão... e isso me dava ainda mais vontade de chupar... Eu mordia o grelinho dela bem de leve, prendia-o com os dentes e passava a língua, sugava-os para dentro da minha boca. Dava lambidas que vinham do cuzinho até o umbigo. E a safada gemia, gemia... e implorava para que eu comesse ela.... Mas eu queria mais: queria sentir o gostinho do melzinho da sua bucetinha na minha boca... na minha língua. Queria sentir o sabor da bucetinha dela... e nisso, passei a intensificar as minhas carícias na bucetinha dela. Me afastei um pouco e passei a explorar com a minha língua as suas coxas. Sá com a ponta da língua, que estava molhada e quente, passei pela parte interna da coxa até chegar à sua virilha... beijei... e percebi que ela tava se contorcendo de tesão... e voltei a chupar gostoso a bucetinha... até sentir tremer e gemer alto. HUMMMMMMMMMMM: a safada tá gozando, pensei!! Logo em seguida pude sentir o melzinho dela molhando a minha boca... chegando há escorrer um pouco pelas pernas



Naquela altura, meu pau estava mais duro do que nunca, explodindo de tesão... Foi quando falei pra ela ficar de quatro no sofá e ela prontamente atendeu ao meu pedido... Ela se debruçou e a sua bunda ficou totalmente exposta... NOSSSSAAAA que visão que eu tive... Aquela mulher tinha um bundão enorme... Com a bunda virada para mim.... não resisti e meti a língua no cuzinho dela, fazendo movimentos circulares com sua língua. Dei uma lambida que foi do meu cuzinho até a nuca. Para dar essa lambida, tive que me levantar... e nisso o meu pau bateu direto na bucetinha dela.... sá que eu não quis enfiar direto, e disse: "É assim que vou te comer... bem devagar!!!" A mulher estremeceu... suas pernas começaram a tremer... e sua bucetinha ficou ainda mais molhada do que já estava..

Comecei a pincelar o meu pau na entradinha da bucetinha... e de vez em quando passava no seu rabinho. Quando isso acontecia... ela empinava ainda mais aquela bunda... MMMMMM... Chegou uma hora que ela falou, quase chorando: "Por favor, me fode!!! Não aguento mais!" Como também tava difícil pra mim, tratei de fazer logo o que ela me pediu... Coloquei a cabeça e parei para apreciar a sensação de estar comendo aquela mulher gostosa. Deixei sá a cabeça enfiada... e em seguida percebi que ela forçava a bunda para trás para entrar tudo. Controlei o ímpeto dela... e fui cadenciando a situação... enfiando um pouco de cada fez... enquanto isso a safada foi fazendo movimentos com seu quadril, para direita e para esquerda e eu também o acompanhava rebolando. Quando entrou até o fim, abracei pela cintura e apertei forte para entrar tudo, até as bolas. PQP, que tesão eu senti... Tava muito gostoso deixar o meu pau atoladinho dentro daquela bucetinha molhada e quente... Senti o meu pau todo preenchido pela bucetinha da minha vizinha... NOSSA, uma sensação deliciosa!!! Mas eu queria mais e mais... Apás alguns instantes nessa posição, comecei a comer aquela bucetinha de verdade. Peguei na sua cintura e puxava em direção do meu pau. Puxava forte... chegando a estralar a cada encontro do meu pau na buceta dela. Entre uma puxada e outra, acariciava seios dela. Foi ficando tão bom que passei a puxar os cabelos como uma rédea. Nisso já estávamos parecendo dois animais tomados pelos nossos mais íntimos desejos sexuais... Comecei a meter forte e nessa hora gritei: "- Cachorra SAFADA... minha putinha... Você gosta disso, né?! Então toma mais..." Ela estava muito louca, tomada pelo tesão daquela situação.... e foi nessa hora que senti sua bucetinha contraindo e começou a gemer alto.... intensamente. Ela estava gozando pela segunda vez!!! Continuei metendo naquela bucetinha enquanto gozava... e aos poucos fui notando que o gozo dela estava escorrendo pelas pernas e estava molhando o meu saco. "Pensei: essa mulher gozou forte dessa vez!!! Agora está na minha hora..."

Tirei o meu pau latejando da sua bucetinha, que estava todo melado pelo gozo, e passei a pincelar o meu pau na entrada do cuzinho dela... A safada ficou louca de tesão... Sua pele ficou arrepiada... Comecei a forçar o meu pau e foi empurrando para dentro, bem de leve. E com isso, a safada passou a gemer alto... intensamente... desesperadamente... Essa mulher ficou louca quando comecei a fuder o cuzinho dela... ao mesmo tempo em que metia o meu pau no cuzinho dela, os meus dedos iam acariciando a sua bucetinha, bem gostoso... Chegou uma hora que consegui enfiar o meu pau até o fundo. Nisso, ela passou a rebolar forte deixando ainda mais gostoso aquela sensação. Naquele momento, eu estava numa espécie de transe carnal.. Gemia de tanto tesão!!! Quando não tava aguentando mais, abracei pela cintura e apertei a safada com força contra o meu pau... e GOZEIII!!! Senti o meu leitinho quente invadindo aquele cuzinho, passando em seguida a escorrer pelas pernas daquela gostosa. Gozei muito!!! E depois disso ficamos agarradinhos no sofá sá curtindo aquilo que tinha acabado de nos acontecer... Pra mim foi maravilhoso! Ao final, num ato muito espontâneo deixei escapar a seguinte frase: "Caralho, que gostosa que você é, minha safada!!". Para minha surpresa, Lisa falou: "Serei sempre a sua safada, quando você quiser e puder". Isso já me indícios isto iria se repetir várias e várias vezes... para minha sorte!!!



Para quem gostou do conto e quiser trocar e-mails sobre fantasias e desejos, é sá escrever para: [email protected]

beijos e até a práxima



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


sexo gay japones no carrosexo gay com maninhoconto erotico tira a roupa revólversexo-gostoso-numa-ilha-paradisiaca..comcontos me vinguei com o meu ex namoradoa arte de apanhar contos eroticocontos sadomasoquista mais uma gorda dominada parte 2chupei os pezinhos da minha namorada contos eroticocontos eroticos peitos sadomasoquismoMeu amigo dominou a minha familha contos eroticosporno gey contos eroticos menininhos dando no riocontos eroticos mamae comeu meu cuzinhoMeu oai meu primo e eu contos gaycontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadecomi as duas vizinha q moravam juntas cantos eróticosinquilino viu as minhas calcinhas contos eroticomininas por cabaço travsyjapa maninha contos eroticos tenniscomtos ewroticos comi minha irma na fazenda de calca de lycraContos gay coroacontoseroticos/encoxei a mae do meu amigo contos de lesbianismo no acampamento de escoteirasdei minha buceta pro traficanteconto vi arrebenta cu meu maridocontos porno gay sobre conhadosconto erotico sofreu no anal com outroconto guey jogador chupa adversário no vestiáriocontos eróticos mulheres sequestradascontos eroticos casal voyeur sem querercontos de incesto fui adotad a para ser escrava sexualcontos eroticos meu amante arrombava eu e minha filha e meu marido descubriuVidio sexo negau pau gadi cu violesacontos gay menininho oferecidocontos eroticos gisaIncesto com meu irmao casado eu confessoconto pequena minha sobrinha vinha me visitar pra ser encoxadao ajudante de pedreiro chupou minha rola quando eu tinha dez anosMinha mulhet quer encher a buceta de carne negra contosConto erotico o velho me chupavapeladas e melada de manteiga no corpo inteiroconto comi meu amigocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacrescendo o pau aqui na frente da filha contos eroticosConto de puta esporrada por muitos machos no barContos eroticos mae inociando filho novinho conto realcontos eróticos relatados por maridos chegando em casa e pegando o fraga interracial 2conto de encesto filho vetido de noivinhaele era cheirosinho conto gayconto minha mae rabuda e eu meu paicontos eroticos comendo a professora velha pra passa de anocontos eroticos dando o cu na praiacontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadeCont erot a galinhaconto erotico gay jeriNamorada puta conto eróticoconto erotico comvidando visinha pra fuderconto erotico cagando durante analconto sogro broxa me pede pra eu comer e satifazer sua mulher minha sogracontos eroticos solteira vendidaContos minha esposa com velhinhosconto erotico comeu a visinhaConto puta fode com o vizinhocontos eroticos nordesteconto gay sexo pirocudo enche cu de porracontos de cú de irmà da igrejacontos de incestos tesao pelos pezinos da minha maecontos verídicas de sexo em montes claroscontos erótico acabei indo pela primeira vez num sítio de naturistame puxou pra baixo conto erotico dorcontos eroticos muler do conhadoa puta virgem chora através do pau grosso vídeo 3 minutosamanda meu marido.é corno mesmo contosFoderam gente contos tennsquando me masturbei saiu bastante gosma da minha buceta será que gozei?contos eroticos titias na praiamulher do gelou grande fudedojaponesas babys fazendo zoofilawww zoo porno filha brecado paianal tia bunduda conto fotoconto gay filho ve o pai com o pau duro e perguta o que a quinlocontos eroticos encestoconto erotico cheirando calcinha lesbica"Me chamo Paulo e tenho uma meia irmã chamada"isso nunca podia ter acontecido áudio contos incestosporno gey contos eroticos trnzando com priminho de doze anosbuceta na praia toninhasconto erotico sem tetoa crente e a zoofilia_contoscontos eroticos chantageada pelo segurança da lojafidendo uma nnda gigabte carnudao mudinho comeu meu cuminha esposa e sogra garente contos eroticosContos erótico de Muller casadacontos eroticos exibindocaravda pica imenca rasgando bucetacontos de sexo gay especial entre primosbucetiha tihomeu marido me levou ao cinema erotico contos eroticoscontos eróticos de pai e filha gravidacontos eroticos esposa camisola os amigo maridocontos de aluciando pela buceta peluda da mae